Topo
Câmara Municipal de Quixadá-CE - Poder Legislativo

O QUE VOCÊ PROCURA?

Posts

Câmara de Quixadá recebe prefeito e secretários



Na última sexta 30 de maio, o prefeito João Hudson e todo corpo de secretários estiveram no plenário da câmara em atendimento a um requerimento do Vereador Higo Carlos (PT) com a finalidade de fazer um balanço dos 17 meses de sua gestão.

O chefe do executivo municipal esteve presente com alguns secretários que prontamente responderam as indagações formuladas pelos vereadores, tendo como pano de fundo um plenário lotado por correligionários e opositores onde cada pergunta gerava manifestações.

O autor do requerimento vereador Higo Carlos, versou sobre a situação do IPMQ onde a Sra. Janille Viana, atual titular da pasta, destacou que hoje existe um equilíbrio entre o que se gasta e o que se recolhe e o débito existente de R$ 2 milhões de reais decorrente de gestões anteriores e da falta de receitas.

O vereador Kleber Junior (PPL) falou sobre a importância da integração entre os poderes legislativo e executivo, o parlamentar também criticou veementemente a presença da Polícia Militar no plenário, solicitada pelo presidente da casa, vereador Pedro Baquit, após manifestação acalorada de um opositor do Prefeito.

O vereador Ereni Tavares (PT), o “Capitão”, foi mais incisivo na sua participação, também destacando a necessidade de se buscar uma ação conjunta com a câmara, Capitão enfatizou que a câmara municipal é soberana e que tem o poder de cassar o chefe do poder executivo. Cobrou ações mais consistentes na saúde e falou dos R$ 2.350,000, 00 (dois milhões, trezentos e cinquenta mil reais) aprovados para a UPA, sem resultados satisfatórios.

Rosa Burití (PT) falou sobre a esperança que a gestão possa melhorar na sua parte administrativa, perguntou sobre o que os parlamentares podem fazer para ajudar a melhorar a administração. Ademais, falou sobre a importância da valorização dos servidores públicos.

Outras participações dos parlamentares foram em tom de cobranças, sobretudo na área da educação básica, que recentemente foi apontada como a quarta pior do estado. Outra indagação importante foi sobre as trinta e uma obras deixadas na gestão anterior, que não foram inauguradas.

Para todas estas perguntas, houve respostas através dos secretários das respectivas pastas.

Final de página